Abrir as portas da cozinha para crianças e envolvê-los de todo o processo que envolve a colocar um prato na mesa, é a melhor maneira de aprender a respeitar os alimentos, motivar a sua curiosidade por novos sabores e iniciá-los nas técnicas culinárias

Alimentar é educar

É no lar que se faz 80% das refeições semanais de crianças. É lá onde eles podem aprender tudo o que está relacionado com a alimentação e a nutrição, a cultura gastronómica e a tradição, despertando o seu interesse por aquilo que comem, como e por que o comem.

A educação alimentar não é apenas aprender a preparar pratos saudáveis, mas que vai mais além. Há um processo em que as crianças podem participar:

Dieta equilibrada desde a infância

A alimentação desempenha um papel essencial durante a fase infantil, e não apenas contribui para um bom desenvolvimento, mas que assenta as bases para que a criança se torne um adulto saudável.

O que há que fazer para que uma criança coma saudável?Fazer com que coma variado é a chave. Um dos principais problemas quando nos deparamos com a alimentação, tanto pequenos como maiores, é que tendemos a descartar certos alimentos.

Quais os alimentos que ajudam o crescimento?Embora todos os alimentos são importantes, devemos assegurar um fornecimento de energia na dieta da criança. A maior parte da energia tem que vir de hidratos de carbono (pão, cereais e massas); de laticínios, que favorecem o crescimento dos ossos; as proteínas, de que não há que descartar as de origem vegetal; e as frutas e legumes, que são imprescindíveis.

O que é uma dieta adequada no dia a dia de uma criança?

  • EFE/Marcelino UesleiDesayuno: Muitas crianças não tomarem adequadamente. Está provado que não tomar o pequeno-almoço diminui o rendimento físico e intelectual, afirma Beatriz de Diego. O pequeno-almoço ideal para os mais pequenos pode ser um copo de leite acompanhado por cereais, bolachas ou torradas. Deve-se sempre evitar o uso de produtos de pastelaria industrial, assim como é importante a ingestão de frutas.
  • Meio da manhã: se trata de um complemento no café da manhã. Muitas crianças não são capazes de ingerir certa quantidade de alimentos a primeira hora do dia, assim que nós podemos reservar as peças que não foi tomado para o lanche do meio da manhã, aconselha a especialista.
  • Comida: aqui pode ser um primeiro prato de arroz, macarrão, legumes ou vegetais. O segundo prato deve contribuir para o aporte de proteínas animais, como o peixe, a carne ou o ovo. Além disso, a sobremesa é importante e ele deve-se priorizar o uso de frutas.
  • Lanche: é um ponto-chave nas crianças, especialmente quando fazem atividades extra-classe. Temos que ser capazes de ajustar a quantidade e o tipo de lanche para o que irá fazer durante toda a tarde. Não é o mesmo que ter uma atividade extraescolar sedentária que uma atividade física, explica Diego.
  • Jantar: você deve ter uma estrutura semelhante à da comida, mas sempre tem que ser mais suave e leve para favorecer o descanso da criança.

Prepare em casa esta boa receita com a espetacular frigideira anti aderente GoldChef ! Leia abaixo:

goldchef frigideira 1

GoldChef Saiba agora como centenas de mulheres como Sarah Almeida estão cozinhando sem qualquer tipo de óleo e estão inovando no cardápio com a poderosa frigideira: GoldChef não gruda !!!